quinta-feira, 4 de outubro de 2012

DEU NO JORNAL PEQUENO



Viana busca nas urnas recuperar imagem "arranhada" com cassação de prefeito

POR OSWALDO VIVIANI

Depois de ver, em 11 de setembro, Rivalmar Luís Gonçalves Moraes (PV), o Rilva Luís, ser afastado da prefeitura pelo Tribunal de Justiça do Maranhão por improbidade administrativa, os eleitores de Viana (a 219 km de São Luís, na Baixada Maranhense) só querem recuperar nas urnas, no próximo domingo (7), a boa imagem da Cidade dos Lagos, “chamuscada” com a cassação de Rilva.
Jovem mãe carrega balde com água e filho pequeno, na Piçarreira, em Viana: rotina de privações - Foto: Oswaldo Viviani

“O povo está consciente e alerta, e não vai deixar mais ninguém dar continuidade ao sucateamento do município. Estou certo de que vai haver uma renovação geral tanto na prefeitura como na Câmara de Vereadores”, disse ao Jornal Pequeno, por telefone, o radialista João de Jesus Garcia, o “Passarela”, cujo programa “Tribuna Popular”, na Rádio Sacoã, ao meio-dia, é campeão de audiência na cidade.


Segundo “Passarela”, só quem tinha algum cargo na gestão afastada – que teve as contas de 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado – é contra a volta da moralização e da ética na política de Viana.

“O novo prefeito, Benito Coelho Filho, que era vice de Rilva Luís, mas rompeu por não aceitar os desmandos na administração, está dando uma cara nova a Viana, começando por enxugar a folha de pagamentos da prefeitura, ‘inchada’ com parentes e aliados do prefeito cassado”, disse Passarela.

Em junho de 2011, reportagem do JP constatou que a gestão Rilva Luís abrigava, só contando os cargos mais importantes, os seguintes parentes do então prefeito:

• Ribamar Gonçalves Moraes, pai de Rilva, secretário de Infraestrutura.

• Lucidalva Campelo Moraes, mulher, secretária de Ação Social.

• Rivalgênia Moraes, irmã, coordenadora do Centro de Saúde.

• Lucimar Gonçalves Moraes, mãe de Rilva, era a segunda pessoa mais importante na Prefeitura. Embora sem cargo formal, praticava atos administrativos, decidindo até contratações e demissões.

Uma infraestrutura precária, com ruas esburacadas, esgoto correndo a céu aberto, abastecimento de água escasso em muitos bairros e patrimônio histórico abandonado, além do descaso na área da educação, também foram constatados em Viana pelo JP.

Sanear esses problemas é tarefa que já está sendo realizada emergencialmente pelo prefeito Benito Filho, e que deve ser assumida pelo futuro ocupante da prefeitura de Viana, disputada pelos candidatos Francisco de Assis Castro Gomes, o Chico Gomes (DEM), ex-secretário estadual de desenvolvimento Social; Magrado Aroucha Barros (PR); e Marcelo Nunes Santana (PRP, apoiado por Rilva Luís).

Leia na edição online do JP.

5 comentários:

andson parauapebas-pa disse...

Que o povo inteligente conduza em suas maos a esperança por dias melhores pra nosa cidade dos lagos,que nao votem por paixao por algum cndidato e sim por amor a minha cidade que esta tao maltratada pelas maos dos homens de pouca fe e e falta de boa vontade,so nao pode é cntinuar a destruicao que deixaram por esses longos e tenebrosos anos negros ,temos que ter no coracao a eperança de afastar essa peste negra que asola a nossa cidade dos lagos tao amada e idolatrada pelos seus sabios escritores do passado.
Tenho certeza que a maioria dos vianenses sao inteligentes na sua escolha.
Um abraço e rumo a vitoria ...

Luiz Antonio Morais disse...

Grato pela participação, Andson. Sds.

Anônimo disse...

stamos cm chico 25 viana toda vota cm ele.. é 25 pra mudar de verdade!!!

Luiz Antonio Morais disse...

Grato pela participação. Sds.

Anônimo disse...

to aki no comiciop do 25,, meu ta lotado dmais... nao tenho duvidas, viana é 25..