sexta-feira, 15 de junho de 2012

Prefeito de Viana diz que notícias divulgadas pelo TCE e Tribunal de Justiça são inverdades

Viana - Em mais um dos seus arroubos de poder e empáfia, o prefeito de Viana, Rilva Luis, se utilizou hoje, pela manhã, dos microfones de uma “rádio peão”, patrocinada pela prefeitura, para vociferar que as notícias postadas no site do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que o coloca como político “ficha suja”, e no site oficial do Tribunal de Justiça do Estado, que divulga que ele vai responder ação penal (SÃO FALSAS).

Como o Blog “mata a cobra e mostra o pau”, postamos os links e a repercussão na mídia do estado. Veja e tire suas conclusões sobre quem está mentindo para o povo.

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR






LINKS

Tribunal de Contas:
http://gilbertoleda.com.br/wp-content/uploads/2012/06/lista_tce_final.pdf

Tribunal de Justiça: http://www.tjma.jus.br/site/principal/conteudo.php?site=1&conteudo=25275

2 comentários:

LUCILENE ABREU( CILENE) disse...

Caríssimos! comentando este item Do lado de lá:

Marcelo Santana; Ismael Abreu; Adriana Guimarães; Zé Carlos Costa; Zé Sá; Gerson Padilha; João Geraldo. (Quem mais)? Um desses nomes tem que ser merecedor de total e irrestrita confiança de Rilva, pois o home vai abrir o bolso, o cofre e todos os ralos de dinheiro possíveis para eleger o sucessor, manter-se no poder e tentar evitar a degola da justiça devido aos seus inúmeros equívocos administrativos, CREIO QUE ADRIANA GUIMARÃES NÃO PODE CONCORRER NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, pois a mesma está impedida, em face de ser esposa do Vereador,está impedida, segundo Já existe a incompatibilidade, tratada na Constituição art. 13, refere-se a impedimento ao exercício. jurisdição do titular, O CÔNJUGE E OS PARENTES CONSAGUINEOS ATÉ 3º GRAU, ou afins, até o ART. 14, §§ 5º, 6º E 7º DA. CONSTITUIÇÃO FEDERAL E ARTS. 1º E 2º DA LEI DAS ELEIÇÕES. E C. E.

LUCILENE ABREU( CILENE) disse...

Os impedimentos previstos no art. ... O art. 14, § 7o da CF, somente alcança aos cônjuges, e a sociedade conjugal dissolve-se com a morte.